Mobilidade 3S

Mobilidade 3S

A preocupação com o meio ambiente, o uso generalizado do compartilhamento de veículos, a consciência da nossa responsabilidade como motorista ou pedestre… são muitos os indícios de que algo mudou na nossa percepção da mobilidade. Hoje, sabemos como queremos que seja o nosso mundo, procuramos alternativas para a nossa mobilidade e estamos empenhados na segurança rodoviária.

Para a nossa sociedade não é mais aceitável que milhares de mortes ocorram nas vias públicas todos os anos, por isso, mais um passo deve ser dado. Para evitar que haja mais vítimas, é necessária a colaboração de todos. A sua também.

Junte-se à Mobilidade 3S

Não importa se você é jovem ou idoso, se você é um pedestre ou motorista. O essencial é que você saiba se deslocar nos diferentes tipos de vias, que tenha cuidado na utilização de veículos compartilhados, que escolha sempre meios de transporte que respeitem o ambiente e que respeitem os outros usuários das vias públicas.

Saber se comportar e estar bem-informado é o primeiro passo para uma realidade sem vítimas de sinistros de trânsito. Por isso, colocamos à sua disposição, neste material, uma série de recomendações com as quais você descobrirá que a nova mobilidade é segura, saudável e sustentável.

Informe-se, aprenda e aja de acordo.

O mundo não é mais o mesmo de antes e exige comportamentos e propostas diferentes. Ficar informado é o primeiro passo para uma nova forma de usar as vias públicas. Este material inclui todas as recomendações necessárias para uma mobilidade segura, saudável e sustentável.

Por quê?

O mundo mudou. Segurança, saúde e respeito ao meio ambiente ocupam um lugar prioritário em nossas vidas. Nós cidadãos nos tornamos conscientes da nossa responsabilidade no que diz respeito a cuidar de nós mesmos e dos outros, adaptando o nosso estilo de vida a hábitos saudáveis, seguros e sustentáveis. Novos tempos exigem comportamentos e propostas diferentes. Não há mais desculpas para que milhares de mortes continuem ocorrendo nas vias públicas.

Historicamente, os “acidentes” de trânsito são considerados eventos aleatórios e inevitáveis, mas ficou demonstrado que não é esse o caso. Hoje, a OMS se propõe a substituir a palavra “acidente” por sinistro ou lesão não intencional, para que entendamos que não é um fato inevitável, mas algo que podemos influenciar com nosso comportamento. Todos os sinistros são consequência de certas causas e, se as conhecermos e prevenirmos, então, os sinistros serão evitáveis. Estar seguro e responsável depende de nós mesmos.

Estar bem-informado é o primeiro passo para uma nova e desejada mobilidade, que evita sinistros e, consequentemente, vítimas. Cuidar de si mesmo e dos outros também envolve ser responsável e se comprometer com a segurança no trânsito.

Com este material, colocamos à sua disposição, de forma imediata e ordenada, todas as recomendações que podem promover uma mobilidade segura, saudável e sustentável.

Consulte-o, tire todas as dúvidas que possam surgir ao se sentar como condutor de qualquer veículo ou ao caminhar em vias públicas, e aprenda a ter respeito com os outros usuários da via.

Por onde?

Como nos movemos é tão importante quanto onde o fazemos. Aprender a se comportar em cada tipo de rodovia, adaptando a nossa locomoção ao ambiente, é um dos grandes passos para uma mobilidade segura, saudável e sustentável.

Como?

O respeito ao meio ambiente e as necessidades de mobilidade nas cidades têm levado à proliferação de novos meios de transporte nos últimos anos, que hoje coexistem com os tradicionais.

Meu ou seu?

A propriedade do veículo não é mais importante. Agora, a prioridade é a disponibilidade imediata, facilidade de estacionamento e acesso a áreas restritas nas cidades. Compartilhar já é uma tendência.

Quem?

Viajar em família, ser pedestre ou sair uma noite para se divertir não é a mesma coisa. Ser jovem não é o mesmo que ser mais velho. Os riscos que enfrentamos são diferentes, mas a forma de prevenir é a mesma. Informe-se e seja responsável.

Aprenda como se comportar em caso de sinistro

Proteger, avisar, socorrer. Essas são as três ações simples que definem o protocolo PAS, uma forma de se comportar diante de um sinistro de trânsito que pode salvar vidas.

Ajudamos você a tomar as medidas necessárias para que seus filhos viajem com segurança.

Saber que as crianças viajam em condições de segurança adequadas é uma tranquilidade para você e para os demais ocupantes do veículo.

Nunca se distraia de bicicleta

A bicicleta é um meio de transporte ecológico e econômico cujo uso, além disso, traz muitos benefícios à saúde. Se você se locomove de bicicleta, há uma série de precauções que você deve tomar para evitar se colocar em risco.

Você também aprende a ser um pedestre.

Caminhar é a maneira mais natural de se locomover, mas tem seus perigos. Aprenda a ser um pedestre responsável.

Idade mais avançada, mais atenção no transporte público.

Para muitos idosos, usar o transporte público é complicado. Se você se encontra nessa situação, mas não quer desistir de se locomover, oferecemos uma série de dicas que podem fazer você se sentir mais seguro.

Rodovias de mão dupla: perigo duplo

As vias de mão dupla, onde não há separação física das direções de fluxo de uma mesma via, apresentam certas características que as tornam perigosas. Por isso, a atitude responsável dos usuários desse tipo de via é fundamental para evitar incidentes.

Em rodovias, distância e cautela.

Embora esses tipos de vias sejam mais seguras, elas também apresentam seus perigos. Cumpra as regras e não baixe a guarda.

Uma mistura fatal

Se você ingeriu álcool, ou tomou qualquer substância incompatível com a direção, é importante que saiba como agir para voltar para casa em segurança. Essas dicas que oferecemos com certeza vão te ajudar!

Nas férias

Existem pequenos detalhes que podem ajudar a tornar sua viagem mais agradável, mas, acima de tudo, mais segura. Siga nossas recomendações para que suas férias não sejam arruinadas por algum contratempo ou incidente.