Iniciação > Publicações > Dicionário MAPFRE de Seguros > control interno (internal control)

Dicionário MAPFRE de Seguros

control interno (internal control)

O Comitê das Organizações Patrocinadoras da Comissão Treadway (COSO) define esse controle interno como um processo realizado pelo conselho de administração, diretoria e demais integrantes de uma entidade, desenvolvido para fornecer uma razoável segurança em relação à consecução dos objetivos, nas seguintes categorias: eficácia e eficiência das operações, confiabilidade da informação financeira e conformidade com as leis e normas aplicáveis. A definição anterior indica alguns conceitos fundamentais:

  • Trata-se de um processo: um meio usado para a consecução de um fim, não de um fim em si mesmo.
  • É realizado por pessoas de diferentes níveis da organização: não se restringe apenas aos manuais de políticas e impressos.
  • Só pode oferecer, para a diretoria e o conselho de administração da entidade, um razoável grau de segurança, e não a segurança absoluta.
  • Foi desenvolvido para facilitar a obtenção dos objetivos próprios de cada entidade.

O controle interno consiste de cinco componentes, relacionados entre si e derivados da própria cultura da empresa: ambiente de controle, avaliação de riscos, atividades de controle, informação e comunicação e monitoramento.

Ver Comitê das Organizações Patrocinadoras da Comissão Treadway.