Digite o termo que você deseja pesquisar:

tempestade ciclônica atípica (atypical cyclonic storm)

Para efeitos da cobertura de riscos extraordinários por parte de instituições como o Consórcio de Compensação de Seguros, (ver), é o tempo atmosférico extremamente adverso e rigoroso produzido por: 1º) Ciclones violentos de caráter tropical, identificados pela ocorrência e simultaneidade de velocidades de vento superiores a 96 km/h, em média de intervalos de 10 minutos, o que representa um trajeto de mais de 16.000 metros neste intervalo, e precipitações de intensidade superior a 40 litros de água por m²/hora; 2º) Borrascas frias intensas com advecção do ar ártico, identificadas pela ocorrência e simultaneidade de velocidades de vento maiores de 84 km/h, igualmente medidas sobre intervalos de 10 minutos, o que representa um trajeto de mais de 14.000 metros neste intervalo, com temperaturas potenciais que, referidas à pressão do nível do mar no ponto da costa mais próximo, sejam inferiores a -6ºC; 3º) Tornados, definidos como borrascas extratropicais de origem ciclônica que geram tempestades giratórias produzidas por causa de uma tormenta de grande violência, com forma de uma coluna nebulosa de pequeno diâmetro projetada da base de um extrato-cúmulo em direção ao solo; 4º) Ventos extraordinários, definidos como aqueles que apresentem rajadas que superem os 135 km/h. Será entendida como rajada o maior valor da velocidade do vento, mantida durante um intervalo de três segundos.

tempestade ciclônica atípica (atypical cyclonic storm)
Para efeitos da cobertura de riscos extraordinários por parte de instituições como o Consórcio de Compensação de Seguros, (ver), é o tempo atmosférico extremamente adverso e rigoroso produzido por: 1º) Ciclones violentos de caráter tropical, identificados pela ocorrência e simultaneidade de velocidades de vento superiores a 96 km/h, em média de intervalos de 10 minutos, o que representa um trajeto de mais de 16.000 metros neste intervalo, e precipitações de intensidade superior a 40 litros de água por m²/hora; 2º) Borrascas frias intensas com advecção do ar ártico, identificadas pela ocorrência e simultaneidade de velocidades de vento maiores de 84 km/h, igualmente medidas sobre intervalos de 10 minutos, o que representa um trajeto de mais de 14.000 metros neste intervalo, com temperaturas potenciais que, referidas à pressão do nível do mar no ponto da costa mais próximo, sejam inferiores a -6ºC; 3º) Tornados, definidos como borrascas extratropicais de origem ciclônica que geram tempestades giratórias produzidas por causa de uma tormenta de grande violência, com forma de uma coluna nebulosa de pequeno diâmetro projetada da base de um extrato-cúmulo em direção ao solo; 4º) Ventos extraordinários, definidos como aqueles que apresentem rajadas que superem os 135 km/h. Será entendida como rajada o maior valor da velocidade do vento, mantida durante um intervalo de três segundos.
Voltar